segunda-feira, 29 de julho de 2013

.
.
Forte o odor no ar -
O mar veio despejar-se
Aos montes na praia
.
.
.

terça-feira, 16 de julho de 2013

.
.
Há um mar sem fins
Subindo pelo céu a branco
Dá a volta à terra
.
.
.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

.
.
Balões pelo ar
Levam sonhos e desejos
_ Frágeis mensageiros
.
.
.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

.
.
No verso do dia
Ficar em pé é um trunfo
_ talvez o chão dance
.
.
.

terça-feira, 4 de junho de 2013

.
.
Para ir além
A passagem não é fácil
_ essa é a chave
.
.
.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

.
.
Fui lavar os olhos
Acender a luz da alma
_ trazê-la comigo
.
.
.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

.
.
No chumbo das nuvens
Luminosos pontos brancos
_ altas as gaivotas
.
.
.

segunda-feira, 1 de abril de 2013

.
.
Rolam pela praia
Flocos de espuma, no vento
_ despojos sem glória
.
.
.

sexta-feira, 29 de março de 2013

.
.
Branco de furor
O mar espumou a raiva
Sobre pedra e via
.
.
.

quarta-feira, 27 de março de 2013

.
.
Sereno espírito
Paira sobre toda água
_ e sem catecismo
.
.
.
.
.
Sou o paradoxo
Não tolero a intolerância
_ diz com um sorriso
.
.
.

segunda-feira, 11 de março de 2013

.
.
Junto ao areal
Rosado de sol.poente
Diz adeus ao dia
.
.
.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

.
.
Buscando silêncio
Vai descendo pela noite
Ouvido à escuta
.
.
.

sábado, 19 de janeiro de 2013

.
.
A noite que chega
Não deixa ver as estrelas
_ mas não faltarão…
.
.
.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

.
.
A vida pequena
Tem de grande o olhar
Que a faz desmedida
.
.
.